Maria da Paixão
Instituto FMM
As 7 Mártires e Assunta

Província
Instituto
Igreja
Mundo
Amigos FMM
Voluntariado
Pastoral Juvenil/ Vocacional
Abre e vê
Quem somos
O que fazemos
Onde estamos
Amoreira da Gândara Fratel Porto - Maria Missionária
Arcozelo Funchal - Santa Clara Porto - S. Francisco
Beja Funchal - São Jorge Porches
Braga Lisboa - Casa Provincial Setúbal
Bragança  Lisboa - Chelas V. N. de Santo André
Charneca Caparica Lisboa - Cristo da Boa Morte Vila de Rei
Coimbra   Lisboa - Olivais  

 

 




Funchal

Comunidade de Santa Clara

Actividades:

Creche e Jardim-de-infância


Guia de turistas ao Convento de Santa Clara


Actividades culturais: concertos e outras


Acolhimento de grupos de catequese paroquial


Acolhimento de grupos de reflexão e retiros


Cuidados a Irmãs doentes


Morada:

Calçada de Santa Clara, 15
9000-036 FUNCHAL

Contactos:

Tel: 291 742 612 / 291 742 602
Fax: 291 744 569

Correio electrónico:

e-mail:  fmm@netmadeira.com






fogo-funchal




Fogo na Cidade do Funchal

Terça-feira, 09 de agosto de 2016

A força do vento e as temperaturas elevadas fizeram com que o fogo,
que lavrava nas zonas altas do Concelho do Funchal desde a tarde
de segunda-feira, descesse até ao centro da cidade.


Esta terça-feira, pelas 19h00, o incêndio deflagrou num palacete devoluto do século XIX, atingindo alguns edifícios em três Ruas: de São Pedro, das Pretas e do Surdo.

As labaredas invadiram, assim, a zona histórica do Funchal, zona antiga, onde é muito fácil a propagação do fogo.
A grande preocupação era a Igreja de São Pedro e o Museu Municipal.

Os bombeiros conseguiram colocar a salvo estes dois monumentos,
evitando que as chamas alastrassem e viessem a destruir a Casa-Museu
Frederico de Freitas, o Convento de Santa Clara e o Museu da Quinta das Cruzes.

Qual nuvem densa, o fumo envolvia tudo e começava a dificultar a respiração.
A Irmã Delina, Responsável Local da Comunidade de Santa Clara,
ouviu o anúncio de que ia ser evacuado o Lar de Santa Isabel, propriedade da Santa Casa da Misericórdia do Funchal, nosso vizinho mais próximo.
Imediatamente pediu ajuda aos serviços de emergência.

Depressa chegou uma carrinha de transportes de doentes, mas, ao darmos conhecimento de que tínhamos quatro Irmãs acamadas, foram requisitadas duas ambulâncias. E uma voz sossegou-nos: «Fiquem tranquilas, Irmãs, vamos conduzi-las a uma zona protegida – a Escola Dr. Horácio Bento de Gouveia.»
[...]


Clique aqui para ler o texto na integra e ver as imagens




sds









Convento de Santa Clara

500 anos da Diocese

A Diocese do Funchal foi criada há cinco séculos pela Bula “Pro Excelenti Praeminentia”do Papa Leão X, a 12 de junho de 1514. Criada no contexto da época dos Descobrimentos Portugueses, foi no seu tempo e até hoje a maior Diocese da Igreja Católica, pois a sua "autoridade" compreendia não só as ilhas do arquipélago (Madeira e Porto Santo), mas também todos os territórios "descobertos ou a descobrir" pelos portugueses, estendendo a sua jurisdição por todo o território africano ocidental e oriental, Brasil e Ásia.

A sua identidade missionária fez-se também sentir desde o início, primeiro com a presença dos Franciscanos em 1419 e nos séculos seguintes com outras ordens e congregações religiosas, incluindo as Clarissas em 1498 e as Franciscanas Missionárias de Maria que vieram para à Madeira em 1898.

As comemorações jubilares dos “500 anos” da Diocese do Funchal começaram em 2011, havendo em cada ano litúrgico um tema de reflexão:

2011/2012 “Deus Pai acolhe e congrega os seus filhos”;

2012/2013 “Fica connosco Senhor… Jesus Cristo caminha connosco e reparte o pão”;

2013/2014 “O Espírito Santo cria unidade e envia em missão”.

Tudo isto com várias atividades eclesiais e diocesanas relacionadas com o acontecimento.

No passado mês de junho de 2014, este aniversário ficou assinalado com um significativo programa religioso e cultural, em que se destacou a Concelebração Eucarística na Catedral do Funchal, a 12 de Junho, presidida pelo Sr. Patriarca de Lisboa e presidente da Conferência Episcopal Portuguesa, D. Manuel Clemente, a participação especial do atual bispo diocesano, D. António Carrilho, e muitas outras entidades religiosas e oficiais.

Outra importante cerimónia, que marcou estes “500 anos”, teve lugar no Estádio dos Barreiros, no Funchal, a 15 de Junho 2014, Concelebração Eucarística presidida pelo cardeal D. Fernando Filoni, enviado do Papa Francisco a estas comemorações.
Do ponto de vista cultural, realizaram-se também vários eventos:


a inauguração de uma exposição de pinturas, esculturas e alfaias litúrgicas no Museu de Arte Sacra do Funchal; a apresentação de um livro sobre “Paróquias e Oragos da Diocese”; uma emissão filatélica emitida pelos CTT de Portugal;

a apresentação de uma medalha com os padroeiros da Diocese do Funchal (São Tiago Menor e Nossa Senhora do Monte);

um concerto único na Sé pela Orquestra Clássica da Madeira, o Coro de Câmara da Madeira, o Coro Juvenil da DSEAM e o Coro do Estreito de Câmara de Lobos.

As comemorações jubilares vão encerrar no final do próximo mês de setembro, na cidade do Funchal, com um congresso internacional de quatro dias.
Tema "A primeira diocese global: história, cultura e espiritualidades", onde deverão participar grandes nomes de investigadores e especialistas em várias áreas, estando já confirmada a presença de Edgar Morin, renomado intelectual, antropólogo, sociólogo e filósofo francês.

Delina Catarina Gomes de Castro - pela Comunidade fmm de Santa Clara – Funchal


Fonte – síntese do «Jornal da Madeira»


Franciscanas Missionárias de Maria © 2011. Todos os direitos reservados.