Maria da Paixão
Instituto FMM
As 7 Mártires e Assunta

Província
Instituto
Igreja
Mundo
Amigos FMM
Voluntariado
Pastoral Juvenil/ Vocacional
Abre e vê
Quem somos
O que fazemos
Onde estamos
Amoreira da Gândara Funchal - Santa Clara Porto - S. Francisco
Arcozelo Funchal - São Jorge Porches
Beja Lisboa - Casa Provincial Setúbal
Braga Lisboa - Chelas V. N. de Santo André
Bragança  Lisboa - Cristo da Boa Morte Vila de Rei
Charneca Caparica Lisboa - Olivais
Coimbra   Porto - Maria Missionária  

 

 


francisco-igreja no mundo.gif

 

Notícias da Igreja

francisco-vaticano.jpg



pes de evangelizador-2022.jpg

 

Mensagem do Papa Francisco

LV DIA MUNDIAL DA PAZ
1 DE JANEIRO DE 2022
Diálogo entre gerações, educação e trabalho:
ferramentas para a construção de uma paz duradoura

           1. «Quão belos são os pés do mensageiro
                  que anuncia a paz na montanha»
(Is 52,7)
 .

As palavras do profeta Isaías exprimem a consolação, o suspiro de alívio
de um povo exilado, exausto pela violência e pelos abusos,
exposto à indignidade e à morte. […]

          2. Diálogo entre gerações para construir a paz
Em um mundo ainda dominado pela pandemia, que causou muitos problemas, "alguns tentam escapar da realidade refugiando-se em mundos privados e outros
a enfrentam com violência destrutiva, mas entre a indiferença egoísta
e o protesto violento há um 'sempre opção possível: diálogo. 
O diálogo entre as gerações”. […]

           3. Educação e educação como motores da paz
Nos últimos anos, o orçamento para educação e educação, considerado
gasto e não investimento, diminuiu significativamente em todo o mundo. 
No entanto, são os vetores primários do desenvolvimento humano integral:
tornam a pessoa mais livre e responsável e são indispensáveis ​​para a defesa
e promoção da paz. 
Em outras palavras, a educação e a formação são os alicerces de uma sociedade civil coesa, capaz de gerar esperança, riqueza e progresso. […]

            4. Promover e garantir o trabalho constrói a paz
O trabalho é um fator indispensável na construção e preservação da paz.
É expressão de si e dos seus dons, mas também compromisso, esforço, colaboração com os outros, porque se trabalha sempre com ou para alguém. 
Nessa perspetiva marcadamente social, o trabalho é o lugar onde aprendemos
a dar nossa contribuição para um mundo mais habitável e belo. […]

Aos governantes e a todos os que têm responsabilidades políticas e sociais,
aos pastores e animadores das comunidades eclesiais, bem como a todos
os homens e mulheres de boa vontade,
apelo a que percorramos juntos estes três caminhos:
                   o diálogo entre as gerações,
                                      a educação
                                      e o trabalho. 
                     Com coragem e criatividade. 


E que haja cada vez mais aqueles que, sem fazer barulho,
com humildade e tenacidade, se tornem dia a dia artesãos da paz.
 
E que a bênção do Deus da paz os anteceda e acompanhe sempre!

Do Vaticano, 8 de dezembro de 2021

Francis

Texto na íntegra:
LV Dia Mundial da Paz 2022 - Diálogo entre gerações, educação e trabalho: ferramentas para a construção de uma paz duradoura

Francês  -  Inglês  -  Italiano  -  Polonês  -  PORTUGUÊS  
-  Russo  -  Espanhol  -  Alemão ]



francisco-urbi-et-orbi-natal-2021.jpg
francisco-mensagem-urbi et orbi-natal-2021.jpg

 

PAPA FRANCISCO MENSAGEM URBI ET ORBI

NATAL 2021
Balcão central da Basílica Vaticana
Sábado, 25 de dezembro de 2021


Queridos irmãos e irmãs, feliz Natal!

A Palavra de Deus, que criou o mundo e dá sentido à história e ao caminho
do homem, fez-Se carne e veio habitar entre nós.
Apareceu como um sussurro, como o murmúrio duma brisa ligeira, deixando cheio de maravilha o coração de todo o homem e mulher que se abre ao mistério.

O Verbo fez-Se carne para dialogar connosco.
Deus não quer construir um monólogo, mas um diálogo.
Pois o próprio Deus, Pai e Filho e Espírito Santo, é diálogo,
comunhão eterna e infinita de amor e de vida.


Quando veio ao mundo, na pessoa do Verbo encarnado, Deus mostrou-nos
o caminho do encontro e do diálogo.
Mais, Ele próprio encarnou em Si mesmo este Caminho para nós podermos conhecê-lo e percorrê-lo com confiança e esperança. […]

Verbo eterno encarnado, tornai-nos solícitos pela nossa Casa comum,
também ela enferma pelo descuido com que frequentemente a tratamos, e incitai as autoridades políticas a encontrarem acordos de tal modo eficazes que as próximas gerações possam viver num ambiente respeitoso da vida.

Queridos irmãos e irmãs, muitas são as dificuldades do nosso tempo,
mas a esperança é mais forte, porque «um menino nasceu para nós» (Is 9, 5).

Ele é a Palavra de Deus que Se fez “in-fante”,
capaz apenas de chorar e necessitado de tudo.
Quis aprender a falar, como qualquer criança, para que nós aprendêssemos
a escutar Deus, nosso Pai, a escutar-nos uns aos outros e a dialogar
como irmãos e irmãs.

Ó Cristo, nascido para nós, ensinai-nos a caminhar convosco
pelas sendas da paz.

Feliz Natal para todos!

Mensagem na íntegra:
 Português

Messaggio natalizio e Benedizione “Urbi et Orbi” 2021
Arabo  - Francese  - Inglese  - Italiano  - Polacco  -  - Spagnolo  - Tedesco ]



advento-2021.gif

 

Advento 2021 - ANO C
Evangelista - São Lucas

domingo 1.º do Advento - 28 de novembro
domingo 2.º do Advento - 06 de dezembro
domingo 3.º do Advento - 13 de dezembro
domingo 4.º do Advento - 20 de dezembro

                            O que é o Advento?


Advento é o tempo que antecede o Natal.
O domingo 1.º marca o início do novo Ano litúrgico.







francisco-dia-mundial-pobres.jpg

 

Mensagem do Papa Francisco
para o V Dia Mundial dos Pobres

Dia 14 de novembro de 2021

O Papa Francisco presidiu à missa neste domingo, na Basílica de São Pedro,
por ocasião do
Dia Mundial dos Pobres, respeitando as medidas sanitárias
para prevenir a Covid-19.
Cem pessoas carentes participaram da celebração ao representar os pobres
do mundo inteiro.


Na homilia, o Pontífice comentou a parábola dos talentos (Mt 25, 14-30)
do Evangelho do dia.




Fonte:
Vatican News - Português

MENSAGEM DO SANTO PADRE FRANCISCO
PARA O V DIA MUNDIAL DOS POBRES

(XXXIII Domingo do Tempo Comum – 14 de novembro de 2021) 
«Sempre tereis pobres entre vós» (Mc 14, 7)


Fonte -
Ver texto na íntegra:

V Dia Mundial dos Pobres, 2021: «Sempre tereis pobres entre vós» (Mc 14, 7)

Português ]

PT - V Dia Mundial dos Pobres

"Faço votos de que o Dia Mundial dos Pobres, chegado já à sua quinta celebração, possa radicar-se cada vez mais nas nossas Igrejas locais
e abrir-se a um movimento de evangelização que, em primeira instância,
encontre os pobres lá onde estão.

    Não podemos ficar à espera que batam à nossa porta;
                           é urgente ir ter com eles

às suas casas, aos hospitais e casas de assistência,
à estrada e aos cantos escuros onde, por vezes, se escondem,
aos centros de refúgio e de acolhimento".


(Papa Francisco)

Vatican News

Encontro do Papa Francisco com os Pobres em Assis

francisco-assis-dmpobres.jpg

O Santo Padre fará uma visita privada a Assis na sexta-feira,
12 de novembro, onde na Basílica de Santa Maria dos Anjos
encontrará um grupo de 500 pessoas pobres de diferentes partes da Europa
e viverá com eles um momento de escuta e oração.

O Papa será acolhido pelo "abraço dos pobres"
que lhe darão o manto e o cajado de peregrino
e o acompanharão em procissão até a Basílica.

[…]


francisco-campo-refugiados.jpg

O Papa Francisco em visita
a um campo de refugiados

 

Mensagens do Papa Francisco
para o Dia Mundial dos Pobres


[Português ]

Português ]

[Português ]

Português ]

        
barrinha2021.gif


CARTA APOSTÓLICA
Misericordia
 et misera

DO SANTO PADRE
FRANCISCO
NO TERMO DO JUBILEU EXTRAORDINÁRIO
 DA MISERICÓRDIA

 [...]

À luz do
«Jubileu das Pessoas Excluídas Socialmente»,
celebrado quando já se iam fechando as Portas da Misericórdia em todas
as catedrais e santuários do mundo,
intuí que,
como mais um sinal concreto deste Ano Santo extraordinário,
                  se deve celebrar em toda a Igreja,
                na ocorrência do XXXIII Domingo
                                 do Tempo Comum,
                         o Dia Mundial dos Pobres.


Será a mais digna preparação para bem viver a solenidade de Nosso
Senhor Jesus Cristo Rei do Universo, que Se identificou com os mais pequenos e os pobres e nos há de julgar sobre as obras de misericórdia
(cf. Mt 25, 31-46).

Será um Dia que vai ajudar as comunidades e cada batizado a refletir como
a pobreza está no âmago do Evangelho
e tomar consciência de que não poderá haver justiça nem paz social enquanto Lázaro jazer à porta da nossa casa (cf. Lc 16, 19-21).

Além disso este Dia constituirá uma forma genuína de nova evangelização
(cf. Mt 11, 5), procurando renovar o rosto da Igreja na sua perene ação
de conversão pastoral para ser testemunha da misericórdia

Fonte: "MISERICORDIA ET MISERA" - n.º 21 - § 3


Página seguinte                                             Página anterior                                                                                       






Franciscanas Missionárias de Maria © 2011. Todos os direitos reservados.