Maria da Paixão
Instituto FMM
As 7 Mártires e Assunta

Província
Instituto
Igreja
Mundo
Amigos FMM
Voluntariado
Pastoral Juvenil/ Vocacional
Abre e vê
Quem somos
O que fazemos
Onde estamos
Amoreira da Gândara Funchal - Santa Clara Porto - S. Francisco
Arcozelo Funchal - São Jorge Porches
Beja Lisboa - Casa Provincial Setúbal
Braga Lisboa - Chelas V. N. de Santo André
Bragança  Lisboa - Cristo da Boa Morte Vila de Rei
Charneca Caparica Lisboa - Olivais
Coimbra   Porto - Maria Missionária  

 

 


francisco-igreja no mundo.gif

 

Notícias da Igreja

francisco-vaticano.jpg



francisco-avos-idosos-evangelho-2022.jpg


Mensagem do Santo Padre Francisco
para o II Dia Mundial Dos Avós e dos Idosos
(XVII domingo do Tempo Comum
24 de julho de 2022)


“Dão fruto mesmo na velhice” (Sl 92, 15)




Oração com o Papa pelo Dia Mundial dos Avós e dos Idosos

Fonte: Vatican News - Português


Mensagem - Texto na íntegra:

Mensagem do Santo Padre para o II Dia Mundial dos Avós e ...
https://www.vatican.va › messaggio-giornata-nonni


francisco-pascoa-urbi et orbi-2022.jpg



Mensagem Urbi et Orbi - 2022:
               
           Deixemo-nos vencer pela paz de Cristo!
                              A paz é possível


francisco-pascoa e urbi-et-orbi-2022.jpg


«Cerca de 100 mil pessoas participaram da Missa de Páscoa na Praça São Pedro, presidida pelo Papa Francisco, ouviram sua mensagem pascal e receberam a benção Urbi et Orbi.

O pensamento do Pontífice concentrou-se nos vários países e regiões que vivem conflitos, particularmente a Ucrânia.»

    “Queridos irmãos e irmãs, feliz Páscoa!
     Jesus, o Crucificado, ressuscitou!”

Também os nossos olhos estão incrédulos, nesta Páscoa de guerra

Crianças vítimas da guerra, mas também da fome


Na América Latina, a "guerra" social
A paz é possível!

Cristo nos exorta a não nos rendermos ao mal e à violência.

“Deixemo-nos vencer pela paz de Cristo!
A paz é possível, a paz é um dever,
a paz é responsabilidade primária de todos!”

Fonte e texto na íntegra: vaticannews.va


francisco visita bento XVI-2022.jpg


Francisco visita Bento XVI - 13/04/2022

Na tarde desta quarta-feira o Papa Francisco foi até o Mosteiro Mater Ecclesiae, residência do Papa emérito Bento XVI, para lhe desejar pessoalmente os melhores votos pelas festividades da Páscoa e pelo seu 95.º aniversário.

O Papa emérito Bento XVI assinala a 16 abril de 2022 o seu 95.º aniversário; é o primeiro pontífice católico a completar esta idade.
Joseph Ratzinger nasceu em Marktl am Inn (Alemanha), no dia 16 de abril de 1927, um Sábado Santo, tal como acontece em 2022

Bento XVI renunciou ao pontificado há oito anos, um gesto histórico, mantendo uma vida reservada no antigo Mosteiro ‘Mater Eclesiae’, do Vaticano, de onde saiu em 2020, para se despedir, na Alemanha, do seu irmão mais velho, que viria a falecer.

Fonte: vaticannews.va


francisco-quaresma-2022.jpg



MENSAGEM DO PAPA FRANCISCO
                         PARA A QUARESMA DE 2022

«Não nos cansemos de fazer o bem;
porque, a seu tempo colheremos, se não tivermos esmorecido.
Portanto, enquanto temos tempo, pratiquemos o bem para com todos»
(
Gal 6, 9-10a).


Queridos irmãos e irmãs!

A Quaresma é um tempo favorável de renovação pessoal e comunitária que nos conduz à Páscoa de Jesus Cristo morto e ressuscitado. Aproveitemos o caminho quaresmal de 2022 para refletir sobre a exortação de São Paulo aos Gálatas:
«Não nos cansemos de fazer o bem; porque, a seu tempo colheremos,
se não tivermos esmorecido.
Portanto, enquanto temos tempo (kairós), pratiquemos o bem para com todos»
(Gal 6, 9-10a).

1. Sementeira e colheita

2. «Não nos cansemos de fazer o bem»

3. «A seu tempo colheremos, se não tivermos esmorecido»

A Virgem Maria, em cujo ventre germinou o Salvador e que guardava todas
as coisas «ponderando-as no seu coração» (Lc 2, 19), nos obtenha o dom
da paciência e nos acompanhe com a sua presença materna, para que
este tempo de conversão dê frutos de salvação eterna.

Francisco


Fonte e Texto  na íntegra:
www.vatican.va › content › francescoQuaresma 2022: «Não nos cansemos
de fazer o bem; porque, a ...


francisco-dia do doente-2022.jpg


missionários-saude.2022.jpg




Mensagem - XXX DIA MUNDIAL DO DOENTE
11 de fevereiro de 2022

«Sede misericordiosos como o vosso Pai é misericordioso» (Lc 6, 36).
Colocar-se ao lado de quem sofre
num caminho de caridade»


Queridos irmãos e irmãs!
Há trinta anos, São João Paulo II instituiu o Dia Mundial do Doente

para sensibilizar o povo de Deus, as instituições sanitárias católicas
e a sociedade civil para a solicitude com os enfermos e quantos cuidam deles.

Agradecemos ao Senhor o caminho feito durante estes anos nas Igrejas
particulares de todo o mundo. Já se deram muitos passos em frente, mas
há ainda um longo caminho a percorrer para garantir a todos os doentes,
mesmo nos lugares e situações de maior pobreza e marginalização, os cuidados
de saúde, de que necessitam, e também o devido acompanhamento pastoral
para conseguirem
viver o período da doença unidos a Cristo crucificado e ressuscitado. […]

Unidos a Cristo, que carrega sobre Si o sofrimento do mundo, possam encontrar sentido, consolação e confiança.
Rezo por todos os profissionais de saúde para que, ricos em misericórdia,
ofereçam aos pacientes, juntamente com os tratamentos devidos, a sua proximidade fraterna.
De coração, a todos concedo a Bênção Apostólica.

Roma, São João de Latrão, na Memória de Nossa Senhora de Loreto,
10 de dezembro de 2021.

 
                                                Francisco

Fonte-Texto na íntegra: www.vatican.va › content › francescoXXX Dia Mundial do Doente, 2022 | Francisco






apostolo-paulo2022.jpg

 

Conversão de São Paulo - Apóstolo, Festa

3.ª feira - 25 de janeiro de 2022
8.º Dia da Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos

              ENCONTRO na estrada de DAMASCO

“O encontro com Jesus na estrada para Damasco transforma radicalmente
a vida de Paulo.
A partir de então, para ele, o sentido da existência já não está em confiar
nas próprias forças para observar escrupulosamente a Lei,
mas em aderir com todo o seu ser ao amor gratuito e imerecido de Deus,
a Jesus Cristo crucificado e ressuscitado.”


Papa Francisco                                                                   

francisco-2-scutar com o ouvido do coracao.jpg

 

Mensagem

MENSAGEM DO PAPA FRANCISCO
PARA O LVI DIA MUNDIAL
DAS COMUNICAÇÕES SOCIAIS


Escutar com o ouvido do coração

Queridos irmãos e irmãs!

No ano passado, refletimos sobre a necessidade de «ir e ver» para descobrir
a realidade e poder narrá-la a partir da experiência dos acontecimentos
e do encontro com as pessoas. Continuando nesta linha, quero agora fixar
a atenção noutro verbo, «escutar», que é decisivo na gramática da comunicação
e condição para um autêntico diálogo. […]

Cientes de participar numa comunhão que nos precede e inclui, possamos
descobrir uma Igreja sinfónica, na qual cada um é capaz de cantar com a própria voz, acolhendo como dom as dos outros, para manifestar a harmonia do conjunto que o Espírito Santo compõe.

Roma, São João de Latrão, na Memória de São Francisco de Sales,
24 de janeiro de 2022.

Francisco

Ver texto na íntegra. Fonte: www.vatican.va › content › francesco56º Dia Mundial das Comunicações Sociais, 2022 - Escutar com ...


francisco-palavra de deus-2022.jpg
































francisco-cruz-2022.jpg















francisco-palavra-catequistas.jpg






Domingo III do Tempo Comum
DOMINGO da PALAVRA de DEUS

23 de Janeiro de 2022

O Papa Francisco estabeleceu que
“o Domingo III do Tempo Comum seja dedicado
          à celebração, reflexão e divulgação
                    da Palavra de Deus.”


Ver/ler Carta Apostólica APERUIT ILLIS, em Português


EVANGELHO – Lucas 1,1-4;4,14-21
- Jesus na Sinagoga de Nazaré

HOMILIA DO PAPA FRANCISCO
Basílica de São Pedro

Encontramos, na primeira Leitura e no Evangelho, dois gestos paralelos: o sacerdote Esdras coloca em lugar elevado o livro da lei de Deus, abre-o e proclama-o diante de todo o povo;
Jesus, na sinagoga de Nazaré, abre o rolo da Sagrada Escritura e, na frente
de todos, lê uma passagem do profeta Isaías.
Estas duas cenas comunicam-nos uma realidade fundamental:
no centro da vida do povo santo de Deus e do caminho da fé, não estamos nós com as nossas palavras; no centro, está Deus com a sua Palavra. […]

… terminada a leitura de Isaías, Jesus anuncia uma coisa inaudita:
           «Cumpriu-se hoje esta passagem da Escritura»
(Lc 4, 21). Cumpriu-se: a Palavra de Deus já não é uma promessa,
mas realizou-se. Em Jesus, fez-Se carne. Por obra do Espírito Santo, veio habitar no meio de nós e quer habitar em nós, para satisfazer os nossos anseios
e curar as nossas feridas.

Irmãs e irmãos, tenhamos os olhos fixos em Jesus, como as pessoas na sinagoga de Nazaré (cf. Lc 4, 20) – fixavam-no, era um deles:
Que fenómeno! Que fará este de quem tanto se fala? – e acolhamos a sua Palavra. Meditemos hoje em dois aspetos interligados da mesma: 
a Palavra desvenda Deus e a Palavra leva-nos ao homem.    Está no centro: desvenda Deus e leva-nos ao homem.

Antes de mais nada, a Palavra desvenda Deus. Jesus, no início da sua missão,
ao comentar aquela passagem particular do profeta Isaías, anuncia claramente
uma opção: veio para libertar os pobres e os oprimidos (cf. 4, 18).
Assim nos desvenda, precisamente através das Escrituras, o rosto de Deus
como o d’Aquele que cuida da nossa pobreza e tem a peito o nosso destino. […]

E agora o segundo aspeto: a Palavra leva-nos ao homem.
Leva-nos a Deus e leva-nos ao homem. Na verdade, quando descobrimos que Deus é amor compassivo, vencemos a tentação de nos fecharmos numa sacra religiosidade, que se reduz a um culto exterior, que não toca nem transforma
a vida. Uma tal religiosidade é idolatria, idolatria sumida, idolatria rebuscada,
mas é idolatria.
A Palavra impele-nos a sair de nós mesmos caminhando ao encontro dos irmãos, animados unicamente com a força serena do amor libertador de Deus.
É precisamente isto que nos revela Jesus, na sinagoga de Nazaré:
Ele é enviado para ir ao encontro dos pobres (que somos todos nós!)
e libertá-los. […]

francisco-leitores e catequistas.jpg

Nesta celebração, são instituídos leitores e catequistas alguns dos nossos
irmãos e irmãs. São chamados à importante tarefa de servir o Evangelho
de Jesus, anunciá-lo para que a sua consolação, a sua alegria
e a sua libertação cheguem a todos.

            Esta é também a missão de cada um de nós:
   ser arautos credíveis, profetas da Palavra no mundo.

Por isso apaixonemo-nos pela Sagrada Escritura, deixemo-nos interpelar profundamente pela Palavra, que desvenda a novidade de Deus e leva-nos a amar incansavelmente os outros.
Voltemos a colocar a Palavra de Deus no centro da pastoral e da vida da Igreja! Assim seremos libertos tanto de qualquer pelagianismo rígido, de qualquer rigidez, como da ilusão duma espiritualidade que nos coloca «em órbita» sem cuidar dos irmãos e irmãs.
                  Voltemos a colocar a Palavra de Deus
                 no centro da pastoral e da vida da Igreja.
           Ouçamo-la, rezemo-la, ponhamo-la em prática.

Texto na íntegra: Domingo da Palavra de Deus (23 de janeiro de 2022) Português 

Alemão  - Árabe  - Espanhol  - Francês  - Inglês  - Italiano  - Polonês  ]


                                                                               Página anterior                                                                                       






Franciscanas Missionárias de Maria © 2011. Todos os direitos reservados.