Maria da Paixão
Instituto FMM
As 7 Mártires e Assunta

Província
Instituto
Igreja
Mundo
Amigos FMM
Voluntariado
Pastoral Juvenil/ Vocacional
Abre e vê
Quem somos
O que fazemos
Onde estamos
Amoreira da Gândara Fratel Porto - Maria Missionária
Arcozelo Funchal - Santa Clara Porto - S. Francisco
Beja Funchal - São Jorge Porches
Braga Lisboa - Casa Provincial Setúbal
Bragança  Lisboa - Chelas V. N. de Santo André
Charneca Caparica Lisboa - Cristo da Boa Morte Vila de Rei
Coimbra   Lisboa - Olivais  

 

 

francisco-acolhe












francisco-taca
francisco-camisola

Notícias da Igreja Católica



Papa Francisco - Aniversário Natalício - 17/12/2013

Para felicitar o Papa Francisco na celebração do seu aniversário natalício (77 anos), o Centro Televisivo do Vaticano ofereceu-lhe este audiovisual com as imagens mais sugestivas dos seus primeiros nove meses de serviço eclesial, no Vaticano.







Entre os presentes de aniversário, o Papa recebeu o troféu do clube San Lorenzo, conquistado no domingo, 15.12.2013, no torneio de abertura do futebol da Argentina.

Francisco segurou a  taça demonstrando a sua alegria por este título conquistado pelo seu clube.











Sócio do Clube Atlético San Lorenzo de Almagro, número 88.235N-0, desde 12.03.2008, o Papa aceitou também uma camisola comemorativa deste triunfo, tendo gravado o seu nome juntamente com a frase "Campeão do torneio inicial 2013".
Francisco agradeceu e felicitou a delegação pela vitória alcançada.

 



caritas












crianças-fome

‘Uma só família humana, alimento para todos’.


Campanha da Cáritas Internacional
com o objetivo de erradicar a fome até 2025.

‘One Human Family, Food For All’ é a primeira campanha global a envolver as 164 organizações nacionais que compõem a confederação internacional da Cáritas.


A Cáritas Portuguesa está envolvida   

http://www.caritas.pt/alimentoparatodos/

alimentos



Vaticano, 11 de dezembro de 2013 -
O Papa Francisco declarou:

“Encorajo a Cáritas a levar por diante este compromisso
e convido todos a unir-se a esta onda de solidariedade”.

Afirmou que o caminho para superar a fome está revelado no Evangelho de Jesus:

“Confiar na providência do Pai e partilhar o pão quotidiano, sem o desperdiçar”.


 


evangelii-gaudium







A ALEGRIA DO EVANGELHOfrancisco-escreve


Evangelii Gaudium, Exortação Apostólica do Papa Francisco


Vaticano, 26 de novembro de 2013

O Papa Francisco publicou hoje a exortação apostólica Evangelii Gaudium - a Alegria do Evangelho. Afirma:

«A ALEGRIA DO EVANGELHO enche o coração e a vida inteira daqueles que se encontram com Jesus.
Quantos se deixam salvar por Ele são libertados do pecado, da tristeza, do vazio interior, do isolamento. Com Jesus Cristo, renasce sem cessar a alegria.» (EG 1)

«Convido todo o cristão, em qualquer lugar e situação que se encontre, a renovar hoje mesmo o seu encontro pessoal com Jesus Cristo ou, pelo menos, a tomar a decisão de se deixar encontrar por Ele, de O procurar dia a dia sem cessar.» (EG 3)

«Jesus Cristo pode romper também os esquemas enfadonhos em que pretendemos aprisioná-Lo, e surpreende-nos com a sua constante criatividade divina. Sempre que procuramos voltar à fonte e recuperar o frescor original do Evangelho, despontam novas estradas, métodos criativos, outras formas de expressão, sinais mais eloquentes, palavras cheias de renovado significado para o mundo atual.
Na realidade, toda a ação evangelizadora autêntica é sempre «nova».» (EG 11)

«A alegria do Evangelho, que enche a vida da comunidade dos discípulos, é uma alegria missionária.» (EG 21)


 

 

francisco
reliquias

SANTA MISSA NA CONCLUSÃO DO ANO DA FÉ
NA SOLENIDADE DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO, REI DO UNIVERSO
HOMILIA DO PAPA FRANCISCO
Praça de São Pedro - Domingo, 24 de Novembro de 2013


«A solenidade de Cristo Rei do universo, que hoje celebramos como coroamento do ano litúrgico, marca também o encerramento do Ano da Fé, proclamado pelo Papa Bento XVI, para quem neste momento se dirige o nosso pensamento cheio de carinho e de gratidão por este dom que nos deu.

Com esta iniciativa providencial, ele ofereceu-nos a oportunidade de redescobrirmos a beleza daquele caminho de fé que teve início no dia do nosso Baptismo e nos tornou filhos de Deus e irmãos na Igreja;

um caminho que tem como meta final o encontro pleno com Deus e durante o qual o Espírito Santo nos purifica, eleva, santifica para nos fazer entrar na felicidade por que anseia o nosso coração.» [...]

Texto na íntegra, em Português








Um dos destaques da missa solene
:


Durante o encerramento do
"Ano da Fé", o Papa Francisco, diante de mais de 60.000 fiéis, enquanto recitava o "Credo",

em gesto simbólico segurou o
relicário de bronze contendo os ossos venerados como os de São Pedro, fundador da Igreja Católica.









 














































A LUZ DA FÉ
francisco-lumen


APRESENTAÇÃO DA CARTA ENCÍCLICA LUMEN FIDEI
DO PAPA FRANCISCO NA SALA DE IMPRENSA DA SANTA SÉ
de
Mons. Gerhard Ludwig Müller
Prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé


Lumen fidei: a luz que provém da fé, da Revelação que Deus faz de si em Jesus Cristo e no seu Espírito, ilumina as profundezas da realidade e ajuda-nos a reconhecer que ela tem inscritos em si os sinais indeléveis da iniciativa boa de Deus.
Com efeito,
a fé, graças à luz que vem de Deus,
é capaz de iluminar «todo o percurso do caminho»
(n. 1),
«toda a existência do homem» (n. 4).
Ela «não nos separa da realidade mas permite-nos captar o seu significado mais profundo, descobrir quanto Deus ama este mundo e o orienta incessantemente para si» (n.18).




Eis a mensagem central da carta encíclica, que retoma alguns temas queridos a Bento XVI. «Estas considerações sobre a fé - assim escreve o Papa Francisco - pretendem acrescentar-se a quanto escreveu Bento XVI nas cartas encíclicas sobre a caridade e sobre a esperança.
Ele já tinha quase completado uma primeira redacção da carta encíclica sobre a fé. Por isto lhe estou profundamente grato e, na fraternidade de Cristo,
assumo o seu precioso trabalho, acrescentando ao texto alguns contributos ulteriores» (n. 7).

luz-da-fe


Trata-se de uma feliz circunstância que este texto tenha sido escrito, por assim dizer, com a mão de dois Pontífices.

Quem a lê pode notar imediatamente

- além das diferenças de estilo, de sensibilidade e de características
- a substancial continuidade da mensagem do Papa Francisco
com o magistério de Bento XVI.





Página seguinte                                                                    Página anterior




Franciscanas Missionárias de Maria © 2011. Todos os direitos reservados.