Maria da Paixão
Instituto FMM
As 7 Mártires e Assunta

Província
Instituto
Igreja
Mundo
Amigos FMM
Voluntariado
Pastoral Juvenil/ Vocacional
Abre e vê
Quem somos
O que fazemos
Onde estamos
Amoreira da Gândara Fratel Porto - Maria Missionária
Arcozelo Funchal - Santa Clara Porto - S. Francisco
Beja Funchal - São Jorge Porches
Braga Lisboa - Casa Provincial Setúbal
Bragança  Lisboa - Chelas V. N. de Santo André
Charneca Caparica Lisboa - Cristo da Boa Morte Vila de Rei
Coimbra   Lisboa - Olivais  

 

 






medalha-fmm


 


Notícias do Instituto das Franciscanas Missionárias de Maria

Maria da Paixão



 
15 de Novembro - Festa Litúrgica de Maria da Paixão, Beatificada em Roma,     a 20 de Outubro de 2002, Dia Mundial das Missões.

Em 1877 fundou o Instituto das Franciscanas Missionárias de Maria, dedicado à Missão Universal pela contemplação e pelo apostolado.

Faleceu a 15 de Novembro de 1904, em San Remo - Itália. Afirmara:
"Se o Instituto fosse obra minha, pereceria comigo, mas ele é obra de Deus".

Que ao celebrarmos a Festa da Beata Maria da Paixão, também nós possamos crescer na confiança do Amor de Deus, que o experimentemos cada vez mais, como ela o fez.





bebé salvo












nova-mamã















VIDA

Jesus afirma: "Eu vim para que tenham VIDA e a tenham em abundância" (Jo 10,10)

Continuar a missão de Cristo, Caminho, Verdade e Vida, enviado do Pai com a força do Espírito, leva-nos a «agir pela justiça, pelo desenvolvimento e pela libertação integral do ser humano.»

Como franciscanas missionárias de Maria (fmm), assumindo a missão profética que nos está confiada, «empregamos os meios para:
* conscientizar-nos dos problemas relativos à justiça, à paz e à integridade da criação, a nível nacional e internacional;
* desenvolver em nós e à nossa volta uma verdadeira consciência social;
* procurar, juntamente com os que sofrem, soluções evangélicas para a sua situação, a fim de que eles se tornem artífices do seu próprio desenvolvimento.»

(Constituições fmm, 47)


Testemunho da Irmã Celina, fmm - médica

Ao serviço do Deus da Vida

O dia 1 de Fevereiro de 2013 amanheceu agitado no Dala, um dos municípios da Lunda Sul, em Angola.
Quando a cunhada de um dos funcionários do hospital foi tomar banho, escutou o choro dum bebé.
A princípio pensou que era no exterior, mas notou que quando a água do banho caía era mais forte aquele choro. Correu a avisar o seu cunhado. Ao alumiar o local, viram um recém-nascido, chorando e debatendo-se com os vermes que atacavam o seu pequenino corpo.

Imediatamente foram avisar a polícia e começaram a libertar o bebé. Só por volta das 8 horas, depois de muito esforço, conseguiram retirar o menino cheio de lixo e de vermes e ainda com o cordão umbilical unido à placenta.

Encontrava-me no trabalho habitual, a ver os doentes internados no hospital, quando uma multidão com o bebé fez parar tudo.


irmã celina médica

Que impressão ao pegar nele! Estava a tremer de frio, mas vivo!

Continuámos atarefados a tirar com pinças os vermes que ainda tinham ficado, sobretudo nos orifícios do nariz e dos ouvidos. Ao terminar, colocámo-lo na balança. Pesava 3,3 Kg. Bom peso para um bebé recém-nascido!

Fora, a multidão seguia os acontecimentos. Por isso decidi, antes de o vestir, sair à porta e mostrá-lo. Foi uma grande alegria para todos ver aquela pequena vida salva. Logo várias mulheres se ofereceram para cuidar dele.

“Já que a sua mãe não o quis, eu posso fazê-lo crescer” - dizia um dos enfermeiros.
E agora? Que fazer com aquele bebé? Decidimos mantê-lo na maternidade,       para ficar ao cuidado do pessoal, enquanto decorrer a investigação já iniciada     pela polícia. 

Das mulheres que se prontificaram a cuidar dele, escolhemos uma que caridosa       e solidariamente ficou ali para o amamentar, ao mesmo tempo que ao seu próprio filho.

provincialfmmEnquanto se espera pela decisão do tribunal sobre o destino do bebé, eu vou indicando a medicação que deve tomar para prevenir qualquer complicação que possa surgir depois de tudo o que passou.

Nós, como comunidade FMM, vamos apoiando com leite e outros alimentos     a mãe "adotiva", dando-lhe ânimo para cuidar do bebé salvo com toda a ternura.

Que o Deus da Vida nos ajude a ser sinais de vida e de esperança, comprometidas em colaborar na transformação deste nosso mundo,
para que seja mais VIDA.

                

                                                                        Provincial fmm com o bebé


Síntese do testemunho da Irmã-médica

Maria Celina Mendonza, fmm








ana luisa com a mae













Missão Universal

«O Instituto das Franciscanas Missionárias de Maria, fundado em 1877                   
por Maria da Paixão, é um Instituto religioso internacional de direito pontifício.

Dedicado à missão universal pela
contemplação e pelo apostolado,
está sob a jurisdição da Congregação para os Institutos de Vida Consagrada
e as Sociedades de Vida Apostólica, e rege-se pelo direito comum
no que respeita às suas relações com os Bispos» (Constituições fmm)

Ter a transmissão da Mensagem de Cristo como primeiro objetivo das nossas atividades. (Constituições 41)

Cada irmã é enviada, pronta a sair do seu país como a ficar nele, para responder às necessidades da evangelização.
O envio no momento da profissão perpétua e o envio duma província para outra são da competência da superiora geral.
O envio de uma casa para outra no interior da província é da competência da superiora provincial. (Constituições 42)



No mês de Março de 2013, a Irmã Ana Luísa dos Anjos Prego foi enviada à missão de Burkina Faso, pela irmã Suzanne Phillips, Superiora Geral das Franciscanas Missionárias de Maria.

A Ana Luísa fala-nos da sua caminhada missionária.







 














Apelo do Santo Padre
Oração e jejum pela Paz na Síria e no Médio-Oriente


«Roma, 2 de setembro de 2013

Queridas Irmãs

O Papa, na sua mensagem do  Angelus, de domingo 1º de setembro,  convocou para o próximo dia 7 uma jornada mundial de oração e jejum em prol da paz na Síria, no Oriente Médio e em todo o mundo.
A Irmã Suzanne envia esta mensagem ao Instituto para vos pedir que participeis segundo as vossas possibilidades.»

Eis uma passagem da mensagem do Santo Padre:

«Por isso, irmãos e irmãs, decidi convocar para toda a Igreja, no próximo dia 7 de setembro, véspera da Natividade de Maria, Rainha da Paz, um dia de jejum e de oração pela paz na Síria, no Oriente Médio, e no mundo inteiro, e convido também a unir-se a esta iniciativa, no modo que considerem mais oportuno, os irmãos cristãos não católicos, aqueles que pertencem a outras religiões e os homens de boa vontade.

No dia 7 de setembro, na Praça de São Pedro, aqui, das 19h00min até as 24h00min, nos reuniremos em oração e em espírito de penitência para invocar de Deus este grande dom para a amada nação síria e para todas as situações de conflito e de violência no mundo. A humanidade precisa ver gestos de paz e escutar palavras de esperança e de paz! Peço a todas as Igrejas particulares que, além de viver este dia de jejum, organizem algum ato litúrgico por esta intenção.

Peçamos a Maria que nos ajude a responder à violência, ao conflito e à guerra com a força do diálogo, da reconciliação e do amor. Ela é mãe: que Ela nos ajude a encontrar a paz; todos nós somos seus filhos! Ajudai-nos, Maria, a superar este momento difícil e a nos comprometer a construir, todos os dias e em todo lugar, uma autêntica cultura do encontro e da paz. Maria, Rainha da paz, rogai por nós!»



Rezar em comunhão com a Síria
 
                  
“Tende confiança! Eu venci o mundo!” (João 16, 33).

«Em resposta ao apelo do Papa Francisco, pedindo oração pela
"querida Síria", onde as pessoas sofrem terrivelmente em conflito contínuo,
e por todos os refugiados que esperam ajuda e conforto na Turquia, no Líbano, no Iraque e na Jordânia,  

confiamos que continuareis a vossa oração
pelas nossas irmãs, ali em missão, e por todos os que vivem na Síria, cristãos e muçulmanos,

a fim de que as negociações para o processo de paz dêem fruto
e para que termine esta guerra terrível».

(Notícias do Instituto fmm)







Preparação para o Capítulo Geral 2014

Tema:

Como Francisco, contemplar a Encarnação de Jesus
e responder ao grito do pobre e do planeta.


Juntas a caminho, as 6.343 FMM de todo o Instituto preparam o Capítulo Geral em três etapas; cada uma se serve dos momentos da
caminhada de Emaús como instrumento de leitura.

O conjunto do processo tem por objetivo:

Refletir sobre o nosso passado, desde o Capítulo Geral 2008

Considerar a realidade atual à luz do Tema do Capítulo Geral 2014

Avançar para criar convicções quanto à nossa caminhada de futuro.




XIII Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos

Para participar na XIII Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos, celebrada nos dias 7 a 28 de outubro de 2012, em Roma, sob o lema: «A nova evangelização para a transmissão da fé cristã», o Papa Bento XVI nomeou 29 mulheres de diversas partes do mundo.

Entre elas estiveram duas fmm:
a Irmã Suzanne Phillips, Superiora Geral das Franciscanas Missionárias de Maria
e a irmã Lucie Nzenzili Mboma, Secretária Geral do SEDOS (Serviço de Documentação e Estudo da Missão Global) – http://www.sedosmission.org/web/en/

FMM Roma - Página Oficial das Franciscanas Missionárias de Maria - www.fmm.org

                                        

   Página seguinte                                                                  Página anterior


Franciscanas Missionárias de Maria © 2011. Todos os direitos reservados.