Maria da Paixão
Instituto FMM
As 7 Mártires e Assunta

Província
Instituto
Igreja
Mundo
Amigos FMM
Voluntariado
Pastoral Juvenil/ Vocacional
Abre e vê
Quem somos
O que fazemos
Onde estamos
Amoreira da Gândara Fratel Porto - Maria Missionária
Arcozelo Funchal - Santa Clara Porto - S. Francisco
Beja Funchal - São Jorge Porches
Braga Lisboa - Casa Provincial Setúbal
Bragança  Lisboa - Chelas V. N. de Santo André
Charneca Caparica Lisboa - Cristo da Boa Morte Vila de Rei
Coimbra   Lisboa - Olivais  

 

 


senhora da palavra-fmm-funchal

 

A Palavra de Deus no Tempo




 «A Igreja venerou sempre as divinas Escrituras

como venera o próprio Corpo do Senhor,

não deixando jamais, sobretudo na sagrada Liturgia,
de tomar e distribuir aos fiéis o pão da vida,

quer da mesa da palavra de Deus
quer da do Corpo de Cristo.
»
(DV 21)


































batismo-do-senhor

;

Batismo do Senhor


João começou a pregar, dizendo:


«Depois de mim vai chegar outro que é mais forte do que eu,
diante do qual não sou digno de me inclinar para lhe desatar
as correias das sandálias.

Eu batizei-vos em água,
mas Ele há de batizar-vos no Espírito Santo.»

Sucedeu que, naqueles dias, Jesus veio de Nazaré da Galileia
e foi batizado por João no Jordão.

Quando saía da água, viu serem rasgados os céus
e o Espírito descer sobre Ele como uma pomba.

E do céu veio uma voz:

«Tu és o meu Filho muito amado, em ti pus todo o meu agrado.»

(Marcos 1, 7-11)




presepio-magos




presépio-de-luz


EPIFANIA DO SENHOR

Tendo Jesus nascido em Belém da Judeia, no tempo do rei Herodes,
chegaram a Jerusalém uns magos vindos do Oriente. E perguntaram:


«Onde está o rei dos judeus que acaba de nascer?
Vimos a sua estrela no Oriente e viemos adorá-lo.»



santa-maria-mae-de-deus-2


santa-maria-mae-de-deus

"Os pastores dirigiram-se apressadamente para Belém
e encontraram Maria, José e o Menino deitado na manjedoura.

Depois de terem visto, começaram a divulgar o que lhes tinham dito a respeito daquele Menino.
Todos os que ouviram se admiravam do que lhes diziam os pastores.

Quanto a Maria, conservava todas estas coisas, ponderando-as no seu coração.

Quando se completaram os oito dias, para a circuncisão do Menino,
deram-lhe o nome de Jesus indicado pelo anjo antes de ter sido
concebido no seio materno".


(Lucas 2, 16-21)



fuga para o egito


Sagrada Família de Jesus, Maria e José
domingo dentro da oitava do Natal

"O anjo do Senhor apareceu em sonhos a José e disse-lhe:

«Levanta-te, toma o menino e sua mãe,
foge para o Egipto e fica lá até que eu te avise,
pois Herodes procurará o menino para o matar.»

E ele levantou-se de noite, tomou o menino e sua mãe e partiu para o Egipto, permanecendo ali até à morte de Herodes.
Assim se cumpriu o que o Senhor anunciou pelo profeta:

«Do Egipto chamei o meu filho»."

(Mateus 2, 13-15).



São João, Apóstolo e Evangelista
27 de novembro





"O que existia desde o princípio,
o que ouvimos, o que vimos com os nossos olhos,
o que contemplámos e as nossas mãos tocaram
relativamente ao Verbo da Vida,
é o que vos anunciamos".

(1 João 1, 1)



francisco-natal-2017

"Transformar a força do medo
em força da caridade"

  


francisco-urb


MENSAGEM URBI ET ORBI
DO PAPA FRANCISCO

NATAL 2017
Sacada Central da Basílica Vaticana
Segunda-feira, 25 de dezembro de 2017

Queridos irmãos e irmãs, feliz Natal!

Em Belém, da Virgem Maria, nasceu Jesus. Não foi por vontade humana
que nasceu, mas por um dom de amor de Deus Pai, que
«tanto amou o mundo, que lhe entregou o seu Filho Unigénito,
a fim de que todo o que n’Ele crê não se perca, mas tenha a vida eterna» (Jo 3, 16).

Este acontecimento renova-se hoje na Igreja, peregrina no tempo: a fé do povo cristão revive, na liturgia do Natal, o mistério de Deus que vem e assume a nossa carne mortal, fazendo-Se pequenino e pobre para nos salvar. E isto enche-nos de comoção, porque é demasiado grande a ternura do nosso Pai.

(…)

Queridos irmãos e irmãs!

Também a nós é indicado, como sinal do Natal, «um menino envolto em panos»
(Lc 2, 12).
Como a Virgem Maria e São José, como os pastores de Belém, acolhamos
no Menino Jesus o amor de Deus feito homem por nós e comprometamo-nos,
com a sua graça, a tornar o nosso mundo mais humano, mais digno das crianças de hoje e de amanhã.

Texto na íntegra PT

[AR - DE - EN - ES - FR - IT - PL - PT]











 

natal-4


João 1,14
“E o Verbo fez-se homem
e veio habitar connosco.

E nós contemplámos a sua glória,
a glória que possui como Filho Unigénito do Pai,
cheio de graça e de verdade”.



Página anterior






Franciscanas Missionárias de Maria © 2011. Todos os direitos reservados.